NotíciasPackaging no mundo

Metsä Board fecha fábricas temporariamente devido greve na Finlândia

A paralisação abrange as plantas de BCTMP em Kaskinen e em Joutseno, bem como a fábrica de cartão em Kemi e foi iniciada nesta semana

A produtora finlandesa de papel Metsä Board anunciou, na última semana, uma paralisação temporária em suas fábricas devido a uma greve política de duas semanas que afeta os portos e o sistema ferroviário da Finlândia. A paralisação abrange as plantas de BCTMP em Kaskinen e em Joutseno, bem como a fábrica de cartão em Kemi e foi iniciada nesta semana.

Conforme a Reuters, os trabalhadores industriais, logísticos e elétricos iniciaram uma greve visando exportações, importações e transporte de carga. Esta é a mais recente de uma série de ações sindicais de protesto contra as reformas do mercado de trabalho e os cortes propostos no sistema de segurança social pelo governo da Finlândia.

De acordo com um porta-voz da Metsä, a fábrica de Joutseno deve ficar inativa em razão da escassez de matéria-prima resultante da greve e não há estimativa de como a situação deve afetar as outras fábricas da companhia no país.

“É claro que o objetivo é manter as usinas operacionais durante a greve tanto quanto possível, dependendo da duração da greve”, disse o porta-voz. A produção na fábrica fechada deverá aumentar após o fim da greve e os funcionários farão trabalhos de manutenção enquanto isso, acrescentou.

A Metsä não espera que suas fábricas suecas sejam afetadas pela greve.

Fonte
Metsä Board Reuters
Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo