ESGNotícias

Ibema fomenta qualificação profissional

Empresa promoverá oportunidades de desenvolvimento e aprendizagem de alunos e profissionais de educação até 2030, por meio de seus compromissos ESG

Segundo uma pesquisa desenvolvida pelo Plano CDE, denominada “Inclusão produtiva de jovens com Ensino Médio e Técnico: experiências de quem contrata”, que ouviu mais de 800 empresas, apontou que 42% desses empresários informaram que os jovens com formação técnica permanecem na companhia e evoluem de cargo.

Além disso, os dados mostram que 61% dos negócios têm algum gestor que entrou na empresa como um jovem com formação técnica em nível médio. Assim, a educação é uma das principais ferramentas para a geração de renda.

Diante disso, a Ibema, uma das maiores fabricantes de papel cartão do país, dedicou seu olhar para a importância da educação dentro da empresa e criou algumas iniciativas voltadas ao tema na comunidade de Faxinal da Boa Vista, em Turvo (PR), onde está situada uma de suas fábricas.

Uma dessas ações é a parceria com o Sistema Sesi-Senai, no Programa Indústria Parceira da Educação, que oferece oportunidade de ensino aos colaboradores e à comunidade local que não completaram o ensino fundamental II e o ensino médio. Todos os estudantes recebem aulas gratuitas em modalidade presencial conectada e com acompanhamento pedagógico de acordo com as diretrizes do Ministério da Educação (MEC). O programa atendeu 74 alunos somente em 2022, enquanto, neste ano, 94 pessoas estão com matrículas ativas.

Como parte das iniciativas, também são ofertados cursos de qualificação profissional, tais como almoxarife, assistente administrativo, assistente de recursos humanos, auxiliar em informática e assistente de contabilidade. Os alunos recebem aulas gratuitas em modalidade presencial conectada, com acompanhamento pedagógico e a formação é aberta aos colaboradores e comunidade de todas as unidades.

A Ibema mantém, ainda, uma parceria com o Colégio Estadual do Campo Faxinal da Boa Vista, com a participação no Programa Aluno Nota 10. No Programa os melhores alunos, de acordo com critérios de desenvolvimento educacional, evolução, nota e frequência são contemplados com uma vaga no programa Jovem Aprendiz.

Por meio também de parcerias com o Colégio Estadual do Campo Faxinal da Boa Vista e Colégio Estadual Professores Edvaldo e Maria Janete Carneiro, em Turvo, foi realizada a Feira de Carreiras. O evento, que teve como objetivo levar aos alunos a diversidade de possibilidades de profissão e carreira, contou com três dias de programação entre palestras e exposição de estandes de universidades vizinhas nos dois colégios.

“A Ibema acredita que a educação é uma poderosa ferramenta de transformação social e atua no desenvolvimento de sua comunidade. Por isso, trabalhamos para entregar oportunidades de qualificação, assim como oferecemos nossa estrutura para desenvolver jovens estudantes no início da jornada profissional”, explica Marilise de Oliveira, coordenadora de Gente & Cultura da empresa.

Para promover o crescimento das ações educacionais, a Ibema definiu algumas metas, através dos compromissos ESG. São elas, a promoção de oportunidades para conclusão do Ensino Fundamental e Médio a 100% dos colaboradores até 2024. E também de implantar o Programa de Educação Ibema para 3 mil alunos e profissionais de educação de Turvo até 2030.

Fonte
Ibema
Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo