Economia CircularNotíciasVoith

Economia circular: Voith intensifica esforços para reciclar os feltros de prensagem

A reciclagem também é utilizada na produção própria da Voith para reduzir o uso de matérias-primas primárias e garantir o processo de produção sustentável

A reciclagem é o componente central da estratégia de sustentabilidade da Voith Paper e forma a base para uma indústria papeleira sustentável. Com isso em mente, a empresa está intensificando suas atividades na área de reutilização e reciclagem de feltros de prensagem, a fim de conservar os recursos, reduzir resíduos e mitigar emissões de CO2.

“Nosso objetivo é manter os materiais no ciclo, contribuindo desta maneira para a proteção ambiental”, explica Dr. Robert Eberhardt, gerente sênior de P&D de Prensas & Materiais da Voith Paper. “Ao implementar consistentemente a Diretiva de Resíduos (WFD – Waste Framework Directive) da UE, priorizamos a reciclagem de materiais em detrimento da recuperação de energia (incineração), trazendo desta forma uma contribuição importante para a promoção da economia circular. Isso não está somente em conformidade com os requisitos europeus, mas também está com os interesses de nossos clientes, especialmente aqueles que estão buscando medidas de melhoria contínua como parte de sua estratégia de sustentabilidade”.

CONCEITOS DE RECICLAGEM PARA FELTROS DE PRENSAGEM USADOS E O USO DE MATERIAIS RECICLADOS EM NOVOS PRODUTOS

A Voith Paper estabeleceu a meta de integrar o princípio cradle-to-cradle (do berço ao berço) e criar um ciclo de material para os feltros de prensagem que seja o mais fechado possível. Na Europa, uma proporção considerável dos feltros da Voith já é reciclável. Com esta finalidade, a Voith Paper introduziu o conceito “Design for Recycling” (Design para Reciclagem).

Como parte desse conceito, cuidados são tomados para utilizar somente os materiais recicláveis em todo o ciclo de desenvolvimento e fabricação de produtos. Em cooperação com parceiros como a Aquafil S.p.A., a Voith tem obtido sucesso em uma fase piloto inicial, coletar feltros de prensagem usados de clientes ao final do ciclo de vida do produto, reciclando-os com sucesso na Aquafil S.p.A por meio de seu processo de regeneração. O conceito logístico está atualmente sendo desenvolvido e testado.

A fabricação de poliamida, o principal material usado na produção de feltros de prensagem, fios e fibras, é um processo que consome muita energia. Para eliminar a grande pegada de carbono da náilon virgem, a Voith utiliza o grânulo de poliamida quimicamente reciclado, o ECONYL®, fornecido por seu parceiro Aquafil S.p.A.. A poliamida regenerada ECONYL, é feita a partir de materiais reciclados, eliminando assim o craqueamento de óleo e várias outras etapas de produção, reduzindo significativamente o impacto ambiental.

Os novos fios de poliamida para a produção de feltro são fabricados a partir destes grânulos nas instalações da Voith, em Summerville, S.C., Estados Unidos. Com isso, a Voith está começando a fechar o ciclo de materiais para os feltros de prensagem na Europa. Os fios feitos de materiais 100% reciclados, reduzem a pegada de CO2 em 80%, em comparação com os fios feitos de material virgem.

Um projeto-piloto para a introdução de fios está atualmente sendo realizado em Högsjö, Suécia. O objetivo é inicialmente usar os fios na faixa de três dígitos de toneladas ao ano. A qualidade permanece a prioridade máxima ao utilizar fios de poliamida reciclados. Lidia Loskan, gerente do Projeto de P&D em Sustentabilidade da Voith Paper, confirma isso: “Em termos de qualidade, não há diferença entre os fios que usamos feitos de material novo para os de material reciclado. Para nós, manter o padrão de qualidade foi decisivo ao introduzirmos o conceito na Voith Paper.”

RECICLAGEM TAMBÉM EM SUA PRÓPRIA PRODUÇÃO

Os esforços de reciclagem da Voith Paper também se estendem à utilização de resíduos de produção nas unidades europeias. Esses resíduos, incluindo as sobras de fios, fibras e rebarbas da produção de feltros, também são reciclados e retornados ao ciclo de materiais. Isso agora é possível sem qualquer problema após a implementação do conceito “Design for Recycling”.

Robert Eberhardt conclui: “Estamos orgulhosos de poder oferecer à indústria papeleira um ciclo fechado de materiais para os feltros de prensagem no futuro e, desta forma, reduzir significativamente a pegada ecológica de nossos produtos. Nossos esforços na área da reciclagem”.

Fonte
Voith
Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo